Fátima Sá, sonho, encanto , poética, Meu Recanto..
Prosa, versos no reverso dos sentimentos, exalando emoções!!!
Capa Meu Diário Textos Áudios E-books Fotos Perfil Livros à Venda Livro de Visitas Contato Links
Textos
                                DanAção
    
Naquela festa no meio da praça
Eu estava que só a graça
Gente que nem formiga passeava
Eu pedia a Deus uma luz
De repente avistei duas estrelas
Pensei mas que bonitas elas
Mas espere não eram astros
Eram teus olhos iluminados
Que via no meio do nada
Que danAção aquela
Fiquei parada ali
Sem saber se ia ou voltava
Parecia que ninguém nos via
Naquele momento, então
começou a consumação
foi ai que me perdi de mim
pois a partir dali só havia um,
sem você comigo nenhum
por isso sem pensar deixei
meu coração se perder na magia
no amor que me matava a cada dia
perdido nesse sentimento que ardia
ainda não sabia, você não me merecia
Mas,  já  tinhas  me conquistado
Preparou para mim um laço
 por pouco não me mato!!

 
Fátima Sá
Enviado por Fátima Sá em 02/09/2020
Alterado em 02/09/2020
Copyright © 2020. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Comentários